Tábula Rasa - Steven Pinker

“...as aves voam explorando as leis da física, e não as desafiando.”

“Além de fornecer uma justificativa direta para o conflito violento, a ideologia da luta entre grupos desencadeia uma característica perversa da psicologia social humana: a tendência em dividir as pessoas em pertencentes ao grupo e não pertencentes ao grupo e a tratar os de fora como menos do que humanos. Não importa se os grupos são definidos segundo sua biologia ou sua história. Psicólogos descobriram que podem criar hostilidade instantânea entre grupos dividindo pessoas sob praticamente qualquer pretexto, até mesmo com base no cara-ou-coroa.”

“Muitos analistas da direita religiosa e cultural acreditam que qualquer comportamento que lhes pareça biologicamente atípico, como a homossexualidade, a abstenção voluntária de ter filhos e as mulheres assumindo papéis masculinos tradicionais e vice-versa, deve ser condenado por ser ‘antinatural’. (...) Esse tipo de raciocínio moral só pode provir de pessoas que não sabem nada de biologia. A maioria das atividades que os guardiões da moral exaltam – ser fiel ao cônjuge, oferecer a outra face, tratar toda criança como alguém precioso, amar o próximo como a si mesmo – são ‘erros biológicos’ e totalmente antinaturais no resto do mundo vivo.”

“Estão confundindo explicação com absolvição. Ao contrário do que insinuam os críticos das teorias das causas biológicas e ambientais do comportamento, explicar um comportamento não é desculpar quem o executou.”

“Nosso sistema visual pode pregar peças em nós, e isso basta para provar que ele é um dispositivo, e não um conduto para a verdade.”

“Sentimos fome, saboreamos a comida e temos paladar para identificar incontáveis gostos fascinantes porque os alimentos foram difíceis de obter durante a maior parte de nossa história evolutiva. Normalmente não sentimos anseio, deleite ou fascínio com o oxigênio, muito embora ele seja crucial para a sobrevivência, pois nunca foi difícil obtê-lo. Simplesmente respiramos.”

“Sem a possibilidade do sofrimento, o que teríamos não seria uma bem-aventurada harmonia, e sim nenhuma consciência.”

“Já somos afortunados por viver em uma sociedade que mais ou menos funciona, e nossa prioridade deveria ser não estragá-la, pois a natureza humana sempre nos deixa à beira do barbarismo.”

“A história acusa nossa espécie não só com o número de assassinatos mas com o modo de matar. Centenas de milhões de cristãos decoram suas casas e adornam o corpo com o modelo de um instrumento que infligia morte inimaginavelmente dolorosa a pessoas que se fizessem incômodas para os políticos romanos.”

“Ivan Karamazov, o personagem de Dostoievski, ao saber das atrocidades cometidas pelos turcos na Bulgária, comentou: ‘Nenhum animal jamais poderia ser tão cruel quanto um homem; tão engenhosamente, tão artisticamente cruel’.”

“A vida é um jogo de pinball no qual ricocheteamos por um campo de calhas e batentes. Talvez nossa história de colisões e raspões explique o que nos fez ser como somos.”

“A verdade não se importa com nossas esperanças.”